skip to Main Content
Alunos Da Etec De Nova Odessa Com Tabuleiro Para Aprendizagem De Crianças Surdas

Foto: Gastão Guedes

Feira Tecnológica apresenta projetos de inclusão social

Uma das preocupações de muitos estudantes das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais que participam da 9ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps) foi encontrar soluções que facilitassem a vida de quem convive com uma deficiência. O evento, com entrada gratuita, ocorre até sexta-feira (23), no Expo Barra Funda, na Capital.

Aplicativos móveis que facilitam a aprendizagem de portadores de síndrome de Down, cadeira de rodas inteligente e próteses confeccionadas a partir de impressoras 3D, são apenas alguns exemplos de projetos desenvolvidos com base nas competências aprendidas em sala de aula, que podem proporcionar maior autonomia e qualidade de vida aos usuários. Além de apresentarem baixo custo, o que as torna economicamente acessível a um maior número de pessoas.

A Feteps também apresenta soluções inovadoras nas áreas de tecnologia, saúde, economia e reúso da água. Durante o evento serão apresentados mais de 200 trabalhos. Há ainda pesquisas desenvolvidas em outros países (Argentina, Chile, México, Peru e Polônia) e em outros Estados (Amazonas e Bahia). Os vencedores serão anunciados no último dia do evento.

Alunos apresentam soluções para economizar e reaproveitar água.

Confira alguns dos projetos com foco na inclusão social que estão sendo exibidos na Feteps:

ANIMACEG
Aplicativo destinado a crianças com deficiência visual, tem como objetivo auxiliar no aprendizado e na autonomia dos estudantes. O conteúdo traz informações sobre o reino animal e funciona com o comando de reconhecimento de voz do Google, para que o usuário possa operar o sistema sem a necessidade de ajuda.

CADEIRA INTELIGENTE ARTICULADA
Com um mecanismo de articulação desenvolvido em uma base de esteira rolante, a cadeira propõe dar ao usuário com necessidades especiais condições de acessar lugares considerados difíceis, sem a ajuda de terceiros. Mesmo em terrenos irregulares, degraus e rampas, mantém o assento na horizontal. Também permite ao cadeirante levantar-se e ficar em pé.

COMUNICAÇÃO SEM FALHAS
O projeto é um jogo de tabuleiro, com caráter pedagógico, que pretende facilitar o aprendizado da Língua Portuguesa escrita por crianças surdas, a partir dos 10 anos.

PLAYDOWN
Destinado ao desenvolvimento e aprendizado de portadores de Síndrome de Down, o aplicativo apresenta atividades que despertam a curiosidade, disciplina e criatividade dos alunos. O objetivo é auxiliar o desenvolvimento intelectual, a coordenação motora, o uso da lógica e a iniciação ao processo de alfabetização.

O aplicativo está disponível para download em aparelhos que utilizam o sistema operacional Android.

PRÓTESE DE MÃO ROBÓTICA IMPRESSA EM 3D
O objetivo desse projeto é ampliar o acesso dos amputados de comunidades carentes a próteses ortopédicas de baixo custo, por meio da impressão em 3D, com o uso de softwares gratuitos. Tanto as próteses como as peças da impressora 3D são construídas por esse processo, permitindo uma rápida e barata substituição dos membros artificiais (por desgaste ou crescimento) e a replicação da impressora. Custo estimado: 1/3 dos produtos existentes no mercado.

Programação
9ª Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps)
Projetos dos alunos das Etecs e das Fatecs
21 e 22 de outubro – das 10 às 21 horas
23 de outubro – das 10 às 13 horas

Local: Expo Barra Funda
Rua Tagipuru, 1.001 – Metrô Barra Funda
Entrada franca

www.feteps.com.br

 

Feteps 2015
Back To Top